Pesquisadores do Lavid são premiados em Simpósio Internacional de Multimídia na Califónia – LAViD/UFPB Núcleo de Pesquisa e Extensão

Lavid na mídia

Notícia


Pesquisadores do Lavid são premiados em Simpósio Internacional de Multimídia na Califónia

By: Tuesday December 13th, 2011 400 views Visualizações

Da direita para esquerda: Felipe Lemos, Felipe Lacet e Gutenberg Neto.

Providing Support for Sign Languages in Middlewares Compliant with ITU J.202” é o título do artigo que recebeu o prêmio de segundo melhor trabalho científico da IEEE International Symposium on Multimedia (ISM2011). O evento aconteceu no período de 05 a 07 de dezembro, em Dana Point, na Califórnia.

O IEEE (ISM) é reconhecido um dos melhores eventos científicos da área. O artigo tem a autoria dos pesquisadores Felipe Lacet, Felipe Lemos, Gutenberg Neto, Tiago Araújo e a orientação do professor Guido Souza Filho. Todos são pesquisadores do Lavid. No laboratório, este estudo se desenvolve dentro da linha de investigação do projeto Libras na TV.

Neste projeto estão sendo realizadas pesquisas para três dissertações de mestrado e uma tese de doutorado. O artigo premiado é objeto de estudo do mestrado em andamento do pesquisador Felipe Lacet. Ele é mestrando do Programa de Pós-Graduação em Informática da UFPB. “Minha pesquisa de mestrado tem como objetivo fazer que middlewares compatíveis com a especificação J.202 ofereçam suporte a línguas de sinais, sem que seja necessária nenhuma alteração nos sistemas de TV digitais atuais”, ressalta Felipe Lacet.

Segundo Lacet, na parte técnica a maior contribuição da pesquisa é a apresentação de uma solução tecnológica que permite a compatibilidade das línguas de sinais com os padrões existentes de TV digital.

Atualmente, existem cinco padrões de televisão digital no mundo, são eles; o americano ATSC (Advanced Television System Committee), o europeu DVB (Digital Video Broadcasting), o japonês ISDB (Integrated Services Digital Broadcasting Terrestrial), o chinês DMB (Digital Media Broadcasting) e o brasileiro SBTVD-T (Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre).

De acordo com o pesquisador, a J.202 é uma especificação definida pelo ITU (International Telecommunication Union). Esta especificação tem o objetivo de harmonizar conteúdos procedurais entre middlewares de sistemas de TV digital. Os conteúdos procedurais são aqueles baseados em linguagem de programação, como por exemplo, a linguagem JAVA.

A especificação J.202 define os conjuntos de APIs (application programming interface). Elas permitem acesso a funcionalidade existente nos middlewares de TV digital necessária para o desenvolvimento de aplicações interativas.

Uma API é um conjunto de funcionalidades disponíveis aos desenvolvedores para criar um software em uma determinada plataforma. “Na minha pesquisa trabalho com a utilização destas APIs para prover suporte às línguas de sinais em sistemas de TV digital”, afirma Felipe.

O impacto social desta pesquisa está na promoção da acessibilidade dos deficientes auditivos aos programas de TV digital. Isso porque a solução possibilita os sistemas de TV digital oferecer conteúdos e serviços acessíveis a este público. “Caso essa solução seja adotada pelos padrões de TV e utilizada pelas emissoras, os deficientes auditivos poderão assistir programas televisivos 24 horas por dia, por meio de uma janela de língua de sinais na tela do aparelho”, enfatiza Felipe Lacet.

O reconhecimento acadêmico da qualidade do trabalho apresentado pelo artigo no IEEE (ISM2011) estimula a equipe e o laboratório a continuar investindo em pesquisas na área de inclusão digital e acessibilidade. “Isso sinaliza que estamos no caminho certo para atingir nosso objetivo, que é contribuir para a inclusão destas pessoas no cenário da TV digital de forma mais igualitária”, destaca o pesquisador.

Redação: Kellyanne Alves – Jornalista

[Total: 0    Average: 0/5]



Útima notícia

(Português do Brasil) Resultado da seleção do edital Nº 002/2019 – GR/UFPB

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese.